É campeão! Lionel Messi fatura pela 6ª vez o prêmio Bola de Ouro da Fifa

Foto: EFE

O argentino Lionel Messi, camisa 10 do Barcelona e da Seleção Argentina, faturou pela 6ª vez o Prêmio Bola de Ouro da Fifa, superando o português Cristiano Ronaldo, o holandês Virgil van Dijk e o senegalês Sadio Mané.

A premiação aconteceu nesta segunda-feira (02) em Paris, realizada pela revista France Football. Em setembro deste ano Messi também foi contemplado no prêmio The Best da Fifa.

A exemplo do The Best, Cristiano Ronaldo não marcou presença na premiação.

O marfinês Didier Drogba foi o apresentar da cerimônia, ele que anunciou a vitória de Messi no Bola de Ouro. Vencedor da última edição, o croata Luka Modric foi o responsável por entregar o troféu para Messi.

Em seu discurso, Messi agradeceu as votações e relembra quando ganhou seu primeiro troféu.

“Quero agradecer os jornalistas que votaram em mim, que me elegeram. Obrigado aos meus colegas do Barcelona, que contribuíram para que eu ganhasse este prêmio. Obrigado pelo reconhecimento. Há 10 anos ganhei a primeira Bola de Ouro em Paris e era impensável para mim tudo o que estava vivendo. Chegou o 6º em um momento totalmente diferente em minha vida pessoal, com minha mulher, com os filhos, e como disse a minha mulher na mensagem, em todo este tempo nunca deixei de sonhar, de crescer, de desfrutar o futebol”, afirmou o craque em seu discurso de agradecimento.

Retrospecto

Lionel Messi alcançou a sexta vitória na premiação. Ele já ganhou em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e agora em 2019. Ele se isola no ranking sendo o maior campeão do Bola de Ouro, com um troféu a mais que Cristiano Ronaldo.

Quatro brasileiros já conquistaram a premiação. Ronaldo (1997 e 2002), Rivaldo (1999), Ronaldinho Gaúcho (2005) e Kaká (2007).

Confira a lista completa

1º: Messi (Argentina) – Barcelona
2º: Van Dijk (Holanda) – Liverpool
3º: Cristiano Ronaldo (Portugal) – Juventus
4º: Mané (Senegal) – Liverpool
5º: Salah (Egito) – Liverpool
6º: Mbappé (França) – PSG
7º: Alisson (Brasil) – Liverpool
8º: Lewandowski (Polônia) – Bayern de Munique
9º: Bernardo Silva (Portugal) – Manchester City
10º: Mahrez (Argélia) – Manchester City
11º: De Jong (Holanda) – Ajax/Barcelona
12º: Sterling (Inglaterra) – Manchester City
13º: Hazard (Bélgica) – Chelsea/Real Madrid
14º: De Bruyne (Bélgica) – Manchester City
15º: De Ligt (Holanda) – Ajax/Juventus
16º: Agüero (Argentina) – Manchester City
17º: Firmino (Brasil) – Liverpool
18º: Griezmann (França) – Atlético de Madrid/ Barcelona
19º: Alexander-Arnold (Inglaterra) – Liverpool
20º: Aubameyang (Gabão) – Arsenal
21º: Dusan Tadic (Sérvia) – Ajax
22º: Heung-min Son (Coreia do Sul) – Tottenham
23º: Lloris (França) – Tottenham
24º: Ter Stegen (Alemanha) – Barcelona
25º: Koulibaly (Senegal) – Napoli
26º: Benzema (França) – Real Madrid
27º: Wijnaldum (Holanda) – Liverpool
28º: Van de Beek (Holanda) – Ajax
29º: João Félix (Portugal) – Benfica/Atlético de Madrid
30º: Marquinhos (Brasil) – PSG

Da Redação