Pesquisar
Close this search box.
[views count="1" print="0"]

Homem sequestrado em casa de massagem diz ter saído para procurar papelaria

Após adentrar o local, o suspeito, um homem de 26 anos, rendeu a vítima
(Foto: BRENO ESAKI/METRÓPOLES)

Brasil – O homem de 48 anos, mantido como refém com cinco mulheres em uma residência de massagens na Asa Sul, relatou à Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) que deixou sua residência com a intenção de adquirir material escolar. Durante seu depoimento, explicou que ao avistar a casa de massagem em seu percurso, ficou intrigado e decidiu investigar.

Após adentrar o local, o suspeito, um homem de 26 anos, rendeu a vítima. Conforme o relato à PCDF, suas mãos foram amarradas, e seus olhos foram vendados. Apesar de não ter sofrido agressões físicas, o homem afirmou que o criminoso constantemente o ameaçava de morte.

Após três horas de sequestro, o homem de 26 anos, responsável por manter reféns na Asa Sul, se entregou à Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). O caso ocorreu na tarde dessa quinta-feira (1º).

Conforme informações da PMDF, uma testemunha relatou que o homem adentrou o estabelecimento, que estava trancado, alegando querer contratar os serviços das profissionais para uma despedida de solteiro.

No estabelecimento, ele foi acusado de ter estuprado duas das vítimas. Por volta das 14h30, uma mulher que se apresentou como garota de programa telefonou para a Polícia Militar (PM) relatando que uma amiga havia pedido ajuda durante uma ligação.

Inicialmente, o criminoso manteve seis pessoas como reféns, compreendendo cinco mulheres e um homem. Ao longo da tarde, ele liberou o homem e uma idosa de 71 anos. Posteriormente, uma terceira vítima foi liberta e saiu do local.

Outro caso:

Um homem foi agredido pela esposa depois de ser pego em flagrante estuprando a filha do casal, uma criança de apenas 9 anos. O crime hediondo ocorreu na madrugada desta quinta-feira (1ª), na rua Afonso Braz, Coroado 3, zona Leste de Manaus. O nome do suspeito não foi divulgado.

Segunda informações de policiais da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atenderam a ocorrência, o suspeito foi encontrado ensanguentado. Quando perguntado, ele disse que a esposa o agrediu com um objeto de vidro cortante. Quando questionada sobre a agressão, a mulher informou que acordou de madrugada e se deparou com o marido consumindo o ato sexual com a criança. O homem estava ferido na cabeça.

Leia mais:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu WhatsApp e fique bem informado!
CLIQUE AQUI
https://cutt.ly/96sGWrb

Tags:
Compartilhar Post:
Especial Publicitário
plugins premium WordPress