Pesquisar
Close this search box.

Homem é preso após furtar cabos elétricos de uma empresa do Distrito Industrial

Especial Publicitário

Policiais civis do 7° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Fabiano Rosas, titular da unidade policial, prenderam em flagrante, na tarde desta segunda-feira (14/10), por volta das 13h, Aldemir de Almeida Corsino, 31, por furto de cabos elétricos de uma empresa do Polo industrial de Manaus (PIM), situada na avenida Ministro João Gonçalves de Araújo, primeira etapa do bairro Distrito Industrial, zona sul da capital.

De acordo com o delegado, as investigações em torno do caso tiveram início com o registro de um Boletim de Ocorrência (BO), na unidade policial, formalizado pela empresa. Conforme Fabiano, o homem que era funcionário da empresa, causou ao estabelecimento, prejuízo estimado, em aproximadamente, R$ 50 mil, correspondente ao furto de quase 1 quilômetro de cabos elétricos.

“Durante diligências realizadas na tarde desta segunda-feira (14/10), nos deslocamos até à empresa e montamos campana no local, momento em que encontramos o indivíduo portando um terçado, alicate e cerca de 100 metros de cabos elétricos de 50 milímetros. Efetuamos a prisão dele em flagrante e o conduzimos até o prédio do 7° DIP”, relatou Rosas.

O delegado informou, ainda, que durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), os policiais constataram que Aldemir possui um mandado de prisão preventiva em aberto por homicídio, expedido pela 3ª Vara do Tribunal do Júri. O crime ocorreu no dia 13 de agosto de 2013, no ramal da Colônia Tapajós, bairro Nova Cidade, zona norte de Manaus.

Flagrante

Aldemir foi autuado em flagrante por furto qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da cidade. E, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva por homicídio, após a audiência de custódia, o indivíduo será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

Tags:
Compartilhar Post:
Especial Publicitário