Pesquisar
Close this search box.

Jovem que se dizia Madeleine McCann afirma se arrepender de posts

Julia afirma ter criado um perfil nas redes sociais, alegando ser Madeleine, devido à falta de atenção por parte da família
Especial Publicitário
(Foto: Divulgação)

Mundo – Julia Wandelt, a polonesa que viralizou nas redes sociais ao afirmar ser Madeleine McCann, agora admite arrependimento em uma entrevista à BBC.

Julia afirma ter criado um perfil nas redes sociais, alegando ser Madeleine, devido à falta de atenção por parte da família e da polícia. “Nunca tive a intenção de machucar ninguém, incluindo os McCann. Eu realmente queria saber quem eu sou”.

Em abril de 2023, os resultados de um teste de DNA revelaram que a jovem Julia, que gerou alvoroço nas redes sociais ao alegar ser Madeleine McCann, não era a mesma garota inglesa que desapareceu em Portugal em 2007. A análise foi conduzida por Fia Johansson, uma detetive particular que auxiliou Julia após a intensa repercussão do caso.

“Pedi desculpas aos McCann porque não os conheço pessoalmente. Não sei se eles estavam assistindo essa jornada, se estavam tristes ou algo assim e talvez isso tenha trazido mais tristeza para eles”, relatou a jovem durante a entrevista

Relembre o caso:

A jovem polonesa Julia Faustyna, que se diz ser a menina desaparecida Madeleine McCann, fez um apelo emocionado a Kate McCann, mãe da britânica desaparecida há 16 anos.

Em entrevista ao portal Radar Online, Julia disse que realmente acredita ser Madeleine e afirmou reconhecer a voz de Kate ao ver um vídeo dela cantando uma música para a pequena britânica, que atualmente teria 19 anos.

Leia mais:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu WhatsApp e fique bem informado!
CLIQUE AQUI: https://cutt.ly/96sGWrb

Tags:
Compartilhar Post:
Especial Publicitário