Pesquisar
Close this search box.
[views count="1" print="0"]

Dois reféns israelenses morrem e 8 ficam feridos em ataque a Gaza

Ataques israelenses na Faixa de Gaza nas últimas 96 horas mataram dois reféns israelenses e feriram gravemente outros oito.
(Foto ilustrativa: Reprodução Freepik)

Israel- Ataques israelenses na Faixa de Gaza nas últimas 96 horas mataram dois reféns israelenses e feriram gravemente outros oito, afirmou neste domingo o braço armado do Hamas, as Brigadas Al Qassam, pelo canal de Telegram do grupo.

“As condições deles estão se tornando mais perigosas à luz da nossa incapacidade de fornecer-lhes tratamento adequado. Israel tem total responsabilidade pelas vidas dos feridos devido aos seus contínuos bombardeios”, afirmou o comunicado, a respeito dos reféns restantes.

Militantes do Hamas assassinaram 1.200 pessoas no sul de Israel e sequestraram pelo menos 250 na incursão do último dia 7 de outubro, segundo registros israelenses. Israel respondeu com um ataque militar à Faixa de Gaza que matou mais de 28 mil palestinos, segundo o Ministério da Saúde administrado pelo Hamas.

Durante uma trégua de uma semana no final de Novembro, o Hamas libertou mais de 100 reféns israelenses e estrangeiros e em troca Israel libertou cerca de 240 prisioneiros palestinos.

O principal porta-voz militar de Israel, o contra-almirante Daniel Hagari, declarou na terça-feira que 31 dos reféns restantes detidos pelo Hamas em Gaza estavam mortos.

“Nós informamos a 31 famílias que os seus entes queridos capturados já não estão entre os vivos e que os declaramos mortos”, afirmou ele em conferência de imprensa.

Israel disse que 136 reféns ainda estão detidos em Gaza.

O Clube dos Prisioneiros Palestinos, que documenta e cuida de todos os detidos palestinos, emitiu um comunicado no domingo afirmando que o número de palestinos presos desde 7 de outubro chegou a 6.950 pessoas.

Voo

Outro grupo de 48 brasileiros repatriados da Faixa de Gaza chegou ao Brasil nesta segunda-feira (11), Em Brasília (DF). O avião KC-30, da Força Aérea Brasileira (FAB), partiu do Cairo, capital do Egito, às 19h03 deste domingo (10), aterrissando na Base Aérea de Brasília às 3h47. As autoridades brasileiras receberam o grupo após aproximadamente 15 horas de voo.

Do total de 48 pessoas, 11 possuem dupla cidadania (Brasil-Palestina), enquanto as outras 37 são palestinos, sendo parentes de cidadãos brasileiros. Entre eles, há 27 crianças e adolescentes, 17 mulheres (com duas idosas) e quatro homens adultos. Uma jovem de 22 anos, que já estava no Egito, integrou-se aos resgatados de Gaza e embarcou no mesmo voo. Ela é filha de uma das integrantes do grupo de repatriados em Gaza.

Leia mais:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu WhatsApp e fique bem informado!
CLIQUE AQUI: https://cutt.ly/96sGWrb

Tags:
Compartilhar Post:
Especial Publicitário
plugins premium WordPress