[views count="1" print="0"]

No Dia Mundial da Água, Wilson Lima assina licitação das obras do sistema de água de Parintins

Com os serviços de água e esgoto, Governo do Amazonas vai solucionar, o problema dos poços de água contaminados na cidade
Fotos: Diego Peres e Alex Pazuello / Secom

Amazonas – O governador Wilson Lima assinou, nesta sexta-feira (22/03), Dia Mundial da Água, o lançamento da licitação das obras do sistema de água e esgoto do Programa de Saneamento Integrado (Prosai) de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), que vai fornecer água tratada para 100% da cidade e resolver de forma definitiva a antiga questão da contaminação dos poços por metais pesados. Durante o evento, o governador também anunciou um pacote de obras do Estado para o município, que somam mais de R$ 170 milhões.

Com a licitação para os serviços de água e esgoto, a estimativa de investimentos no saneamento é de R$ 122 milhões. As obras vão contemplar a recuperação de sete poços existentes e a perfuração de dez novos poços profundos, além da construção de quatro Centros de Reservação e Distribuição e fortalecimento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) da Prefeitura de Parintins.

“A gente vai definitivamente resolver esse problema da água aqui no município de Parintins, porque nós estamos perfurando poços com 200 metros pra ir lá no Aquífero Alter do Chão, que é o maior aquífero do mundo, para ter uma água de qualidade e vai água tratada na casa das pessoas“, destacou o governador Wilson Lima.

Participaram da entrega o vice-governador Tadeu de Souza; os deputados estaduais, Roberto Cidade, que também preside a Assembleia Legislativa do Amazonas; Alessandra Campelo; Sinésio Campos; Delegado Péricles e Abdala Fraxe; os prefeitos Bi Garcia (Parintins); Eraldo CB (Boa Vista do Ramos); Gamaliel (Tapauá); Enrico Falabela (Urucará); a vereadora Brena Dianná e outros parlamentares municipais; além de secretários estaduais como o de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Fausto Júnior e o secretário da UGPE, Marcellus Campêlo.

O programa, executado pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas, prevê, ainda, a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) com capacidade para atender 25% da cidade de Parintins. Além da ETE, serão construídos 28,6 quilômetros de rede de coleta, 2.423 ligações domiciliares e quatro estações elevatórias.

Os poços construídos pelo Prosai Parintins terão entre 180 a 200 metros de profundidade, o dobro dos atuais que abastecem a cidade, que têm entre 60 e 110 metros. Terão o mesmo padrão do poço de 200 metros, que a Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar está fazendo na Escola Estadual Tomaszinho Meireles (GM3), local onde foram feitos os anúncios pelo governador Wilson Lima.

Aquífero Alter do Chão

Segundo a UGPE, os estudos realizados para o Prosai Parintins apontam a segurança hídrica da captação profunda do Aquífero Alter do Chão – considerado o maior do mundo – para abastecimento de água da cidade. Ainda assim, será feita a cloração da água a fim de eliminar qualquer possibilidade de contaminação, pela tubulação no caminho até as torneiras.

“Nós precisamos disso e isso chega no momento certo, no momento em que a população precisa realmente desse tratamento dessa água, precisa ter uma vida melhor, ter saúde melhor e esse tratamento do Governo do Estado do Amazonas sobre a água do município de Parintins só vem para ajudar, só vem para melhorar as nossas condições de vida”, disse o morador Sales Santos.

Prosai

O governador Wilson Lima também assinou o decreto que torna área de interesse social o perímetro de intervenção das obras do Prosai Parintins e ainda fez a entrega de certificados para famílias cadastradas no programa. O documento garante o início do processo de reassentamento de todas as 832 famílias cadastradas nas áreas de intervenção da obra.

O Prosai Parintins terá um total de U$ 87,5 milhões (cerca de R$ 400 milhões) em investimentos, sendo US$ 70 milhões financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e que serão pagos pelo Governo do Amazonas. Os outros U$ 17,5 milhões serão contrapartida direta do Estado.

Os recursos vão permitir a requalificação urbanística de uma área de mais de 208 mil metros quadrados, no entorno da Lagoa da Francesa, beneficiando mais de 12 mil pessoas. Serão construídos um novo mercado, parques urbanos, praças, ciclovias, playground’s, quadras poliesportivas, quiosques para pequenos comerciantes, um Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) e o Centro de Qualificação da Mulher Parintinense, além de 504 unidades habitacionais e oferta de outras soluções de moradias.

“Nós temos uma expectativa muito grande com esse trabalho que vai ser feito em Parintins, que vai mudar a vida dos parintinenses, vai mudar a nossa cidade”, disse a aposentada Maria de Jesus ao agradecer o governador Wilson Lima pelo projeto que ela considera grandioso.

Mais investimentos

O governador Wilson Lima lançou um pacote de obras e realizou inaugurações na infraestrutura em Parintins com investimento de mais de R$ 170 milhões. O pacote inclui o sistema viário da cidade, com obras em 22,9 quilômetros de vias, beneficiando mais de 70 ruas, além de investimentos em saneamento, segurança, cultura, iluminação pública, entre outros.

Como parte das entregas, o governador destacou a instalação de quatro sistemas simplificados do Projeto Água Boa, coordenado pela Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), na zona rural de Parintins. As comunidades contempladas são: Sagrada Família com 45 famílias; Nossa Senhora de Fátima com 40 famílias; Boa Vista-Cristo Rei, 35 famílias; e São José, com 45 famílias.

Leia mais:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu WhatsApp e fique bem informado!
CLIQUE AQUI: https://cutt.ly/96sGWrb

Tags:
Compartilhar Post:
Especial Publicitário