Pesquisar
Close this search box.

Turistas são hospitalizados após nadarem em falso balneário conhecido como ‘Chernobyl da Galícia’

Especial Publicitário

Turistas foram hospitalizados após nadarem em um falso balneário conhecido como “Chernobyl da Galícia”. As águas de um impressionante e convidativo azul-turquesa de Monte Neme são na verdade produzidas por uma combinação de agentes químicos de uma desativada mina de tungstênio.

De acordo com o “Sun”, portal de notícias local, visitantes que postaram fotos no Instagram disseram ter ficado doentes após contato com a água contaminada. Os enfermos relataram diarreia e vômito.

Queimadura causada após contato com a água contaminada.

A mina aberta durante a Segunda Guerra Mundial ficou ativa até os anos 1980. De lá, as forças de Hitler retiravam tungstênio para fortalecer a blindagem dos seus veículos de combate. Após, o fim da guerra, o local continuou sendo explorado comercialmente por empresas privadas.

Tags:
Compartilhar Post:
Especial Publicitário